Programas e Projetos

Conheça o trabalho desenvolvido pela Integrar Sorocaba


SERVIÇO SOCIAL

O Serviço Social é a porta de entrada para o atendimento dos usuários da Integrar, pois, compreende-se que o objetivo mor da Instituição é a integração da pessoa com deficiência nas áreas de saúde, educação e social, assegurando e garantindo os seus direitos como cidadãos, valores esses que vão ao encontro da política e da ética do Assistente Social.


 EDUCAÇÃO

 Educação Infantil

Educação               Trabalha com idéias de Educação Condutiva (método Petö).

É um sistema Educacional que integra o processo pedagógico e o reabilitacional. O sistema Baseia-se na plasticidade do cérebro e               no processo criativo requerido pelo SNC (Sistema Nervoso  Central) para reestruturá-lo novamente (Redes Neurais).

Na Educação Condutiva trava-se a relação intima entre “aprender a mover-se e movendo-se e aprendendo”.

Este sistema  educacional, de origem húngara, que integra o processo pedagógico à reabilitação, é baseado num plano pedagógico que facilita à criança explorar o seu interior e tudo que a cerca. 

Trabalhado na educação infantil com crianças entre 0 e 6 anos de idade, tem superado expectativas, com relação ao nível de independência alcançada pelos alunos. Pois, seu objetivo baseia-se em proporcionar ao atendido o máximo de independência, com o mínimo de adaptação.

Ensino Fundamental:

Tem por objetivo desenvolver um trabalho educacional que promova um aprendizado curricular,adaptado,do ensino fundamental independente de idade, capacidade física ou cognitiva

CLINICA



O profissional que trabalha em  habilitação e reabilitação   deve considerar aspectos físicos, sócio econômico e cultural quando organiza um plano de atuação em uma instituição.

 O trabalho deve ser organizado dentro de uma proposta multidisciplinar, para que se tenha uma visão holística do paciente.

 Objetivos Específicos

Promover atendimentos multidisciplinares, para habilitação, reabilitação e inclusão do paciente com paralisia cerebral. 

  Objetivos gerais

            Promover a habilitação e/ou reabilitação do paciente visando melhora da qualidade de vida e inclusão social. 

Promover a integração dos pais e/ou responsáveis do paciente ao convívio familiar e na sociedade.

 

I - Setor de Fisioterapia

           A Fisioterapia Neurológica tem por objetivo tratar com eficácia os distúrbios relacionados minimizando os efeitos da incapacidade, seja ela permanente ou não e readquirir a máxima independência funcional possível. Ela atua na restauração de funções como a coordenação motora, o equilíbrio, a força e os movimentos.

Os resultados variam por muitas razões, como o grau do dano neurológico permanente, quais partes do sistema nervoso são afetadas, idade e capacidade anteriores do paciente, estado mental, motivação do paciente e condições associadas.

             Entre vários métodos e técnicas utilizados,aplicamos o conceito  neuro-evolutivo de Bobath. 


II - Setor de Terapia Ocupacional

              Tem a responsabilidade e a capacidade de mostrar o mundo ao indivíduo através da atividade. Ela deve propiciar a busca das capacidades intrínsecas e/ou remanescentes do indivíduo para adquirir assim o nível mais alto possível de independência no desempenho das tarefas diárias, utilizando ou não adaptações.

            Através da avaliação serão traçadas metas, baseadas nas necessidades específicas de cada paciente compatível com suas capacidades: sensomotoras, intelectual, social e econômica.

   Entre vários métodos e técnicas utilizados,aplicamos o conceito  neuro-evolutivo de Bobath e Integração Sensorial. 


III - Setor de Estimulação Visual

 Todos nós sabemos que a visão transmite o conhecimento do meio ambiente.  Portanto, a importância do estímulo visual (saber usar a visão de forma adequada) está presente em todos os aspectos do desenvolvimento global do paciente desde o nascimento.

Através da estimulação visual o paciente aprende a usar melhor o resíduo visual e consequentemente controlar melhor seu movimento.

 

IV - Setor de Fonoaudiologia

 

 Relacionada aos distúrbios da comunicação humana, este setor tem como objetivo primordial, trabalhar os aspectos decorrentes da alteração neurológica associadas à comunicação como a fala, linguagem, audição, cognição, leitura/escrita, comunicação (oral ou alternativa), motricidade orofacial, e funções estomatognáticas. Proporcionando ao paciente oportunidade de compartilhar experiências cotidianas, melhorando assim sua relação inter-pessoal e auto estima, de acordo com suas necessidades e especificidades para melhor qualidade de vida.

 

 V – Setor de Psicologia

 

 O setor de Psicologia da entidade visa acolher todos os pacientes, de acordo com a necessidade. Pais e responsáveis também compartilham do serviço, dado que convivem com as dificuldades e obstáculos do dia a dia, muitas vezes são cuidadores constantes e indispensáveis à vida do paciente.

A atenção às dificuldades de pessoas com múltiplas deficiências não retira a necessidade de um atendimento voltado à educação, cognição e socialização, o que permite novas propostas de intervenção e tratamento.

 

VI - Grupo Clínico

  Sendo o grupo o principal veículo para as relações interpessoais, promove troca de experiências entre pais, pacientes e terapeutas, trás proximidade rompendo barreiras, preconceitos, favorecendo uma convivência harmoniosa.

Torna o trabalho dinâmico, e com visão global das áreas de atuação: fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional.

Promove socialização, momentos lúdicos e competitivos, favorece para que as orientações e o trabalho realizado no grupo passem a ser utilizados em casa, resultando melhora na qualidade de vida.


OFICINA

A  oficina é de caráter artesanal, para possibilitar ao usuário um contato maior com a arte do fazer, construir com eles um processo que tenha início, meio e fim em um trabalho ou arte.Tem como objetivo de desenvolver trabalhos artesanais, além das finalidades terapêuticas, sociais e psicológicas.


PROJETOS/ PARCERIAS  



 Parceria com Poder Publico.

Secretária de  Igualdade Social (SIAS)
Secretaria de Educação (SEDU)
Secretaria de Cidadania e Geração de Rendas(VOTORANTIM)

Projetos atuais

CONDECA/2017( Projeto Crescer para INTEGRAR)  
DEECRIN /2016 (Sala de Informatica adaptada)
DEECRIN/2017 (Mobiliá escolar e climatização)


Projetos anteriores
ALCOA( sala de informatica adaptada)
Alberflex( doação de cadeiras de rodas)
Banco do Brasil (Enquadrando o Jogo)Quadra Poliesportiva Adaptada
CMDCA (FUNCAD)


Parcerias 

Liliane Fonds Parceria para atendimento em Habilitação e Reabilitação entre 2004/2016.

Rotary através de subsidio (aquisição de materiais permanentes);

  Sala  de Estimulação Visual;

  Sala de Fonoaudiologia;

  Sala de Terapia Ocupacional;

  Sala de Integração Sensorial;

   Lousa Digital;

  Triciclo Adaptado;
  Esquipamentos para confecção de Botons (personalizados);

Super Cap 2016/2017.
Revitalização e faixada da Entidade(segurança)
Carros,caminhão utilitário;
cadeiras de rodas e órtese;
construção da clinica e administração( e mobília);
renovação da sala de Integração;   

UNISO (estagiários em Terapia Ocupacional)

UFSCar




Clinica

CLINICA


O profissional que trabalha em  habilitação e reabilitação   deve considerar aspectos físicos, sócio econômico e cultural quando organiza um plano de atuação em uma instituição.


 O trabalho deve ser organizado dentro de uma propost...